sábado, 15 de junho de 2019

Confira como foi o Primeiro Seminário Dinâmicas Territoriais, Cultura e Religião

O 1º Seminário Dinâmicas Territoriais, Cultura e Religião, realizado na tarde do último dia 29 de junho, contou com a participação de estudantes, professores e profissionais de diversos segmentos interessados em conhecer e discutir as pesquisas que vêm sendo realizadas na pós-graduação. Contamos com a participação de 20 pessoas, além dos pesquisadores que fizeram parte das mesas. O evento ocorreu no Instituto Multidisciplinar da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), no campus de Nova Iguaçu.

O evento contou com a vice-coordenação da professora Luciana Gonzalez, Drª em Ciências Sociais (UERJ) e professora da UFRRJ. Os alunos Phelippe Alves Esquerdo Costa; Lohane Nobrega; Ester de Pontes Silva; Jessica Dorea da Silva e Marcela Soares da Silva, vinculados ao curso de Turismo/IM, bem como os membros do Grupo de Pesquisa DT-Crelig (Dinâmicas Territoriais, Cultura e Religião) organizaram o seminário com muita competência.

A professora Silvia Fernandes - IM/PPGCS-UFRRJ e também professora do PPGSP-UENF - fez a abertura do seminário, ressaltando a importância de eventos como esse, que possibilitem o debate e a divulgação de estudos na área da Religião em sua interface com a sociedade, a cultura e a política. 

A primeira mesa, Trajetórias Políticas e Território: A Influência da Religião na Sociedade Contemporânea, foi conduzida pela professora Luciana Villa González. A pesquisadora Vanessa da Silva Palagar Ribeiro - doutoranda no PPGSP/UENF - apresentou o trabalho Os dilemas para legitimação institucional de ações assistenciais pentecostais de um projeto paraeclesiástico na favela Tira-Gosto em Campos dos Goytacazes-RJ, pesquisa que começou no primeiro semestre do ano passado e possui financiamento da Capes. Também nesta mesa, o pesquisador Nelson Cortes Pacheco - mestrando em Geografia pela UFF - falou sobre sua pesquisa As missões protestantes e a lugaridade na tabanca de sabor balanta em Guiné-Bissau, que começou no primeiro semestre de 2018 e está em andamento. Por fim, o doutorando do PPGSP/UENF Nelson Lellis apresentou um pouco do trabalho que vem desenvolvendo Novo messianismo urbano: a trajetória do cabo Daciolo, estudo que começou no ano passado, com financiamento da Capes.

Após uma rodada de perguntas e um breve intervalo, aconteceu a segunda mesa, Mutações Sociais E Religião: Embates e Aproximações, com mediação da professora Silvia Fernandes e a apresentação de mais três trabalhos. O primeiro, “Ideologia De Gênero” e a juventude assembleiana - perspectivas sociológicas, está em vias de conclusão e foi apresentado pela mestranda em Ciências Sociais (PPGCS-UFRRJ) Bruna Lassé Araújo. Em seguida, foi a vez de o pesquisador Paulo César Limongi de Lima Filho - mestrando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia do IESP-UERJ - expor A sociogênese da Cáritas enquanto braço social da igreja, pesquisa em andamento desde 2018 com financiamento da FAPERJ. Por último, conhecemos o trabalho Trajetória religiosa de jovens sem religião, da pesquisadora Ana Raquel Pereira Da Silva, que é mestranda em Ciências Sociais (PPGCS-UFRRJ) e começou seu estudo no primeiro semestre do ano passado. 

O balanço que fizemos é que foi muito produtivo compartilhar o conhecimento que temos produzido dentro das universidades. Afinal, o objetivo da produção da pesquisa  consiste em ampliar o conhecimento sobre os temas pesquisados e divulgá-los para além da comunidade acadêmica. E que venha o próximo seminário!

Confira, a seguir, algumas fotos do evento.



























terça-feira, 9 de abril de 2019

Primeiro Seminário DT- Crelig para apresentação de pesquisas em andamento - 15/05/2019

Vem aí o Primeiro Seminário do DT- Crelig para apresentação das pesquisas dos alunos de Pós-Graduação. O evento acontecerá em 15/05/2019, no Instituto Multidisciplinar - Nova Iguaçu. Aguarde mais informações. ;)

segunda-feira, 14 de maio de 2018

A religião dos jovens no Brasil contemporâneo


Oi, gente!! Estamos um pouco desatualizados, mas voltaremos a dar noticias por aqui sobre as atividades que estamos desenvolvendo.
Em janeiro de 2018 aconteceu na UERJ o Seminário de Pesquisa - A religião dos jovens no Brasil contemporâneo. Vários membros do DT- Crelig estiveram presentes apresentando suas pesquisas e ouvindo as contribuições. Veja no link como foi bacana. Vai sair um dossiê pela Revista Interceções - UERJ. Se você tiver qualquer questão ou interesse em estudar juventude e religião, entre em contato com a gente.
Acesse o link do Seminário: https://areligiaodosjovens.wixsite.com/seminario
_________

A proposta do seminário é promover um debate sobre a religião de jovens brasileiros, especialmente a partir de dados produzidos na pesquisa “As novas configurações da religião no século XXI”, que consistiu em surveys com jovens de 15 a 30 anos participantes dos eventos Jornada Mundial da Juventude - JMJ(2013) e Marcha para Jesus (2014), no Rio de Janeiro. Os dados levantam questões sobre o perfil dos jovens religiosos e sobre quais seriam os elementos que os distinguem de seus pares geracionais, incluindo jovens sem religião.
          Seria possível relacionar os valores desses jovens com posições políticas consideradas anti-democráticas? Como discutir intolerância social a partir desses sujeitos pesquisados? Que tendências emergem entre a juventude no que se refere a valores, moralidades, cosmovisões religiosas e orientações políticas?
          A partir da reunião de pesquisadores que têm se dedicado ao estudo da relação entre religião e juventude abordando catolicismos e novas comunidades; jovens sem religião, jovens das Igrejas Assembleias de Deus e Universal do Reino de Deus, além da juventude universitária, o seminário pretende ainda ser um espaço de agregação e de refinamento de categorias analíticas que vêm sendo adotadas nas ciências sociais, tais como conservadorismo, tradicionalismos e progressismos. 

https://areligiaodosjovens.wixsite.com/seminario

sábado, 3 de junho de 2017

A "ideologia de gênero" e a juventude assembleiana - perspectivas sociológicas.

O "III Simpósio de Gênero e Sexualidade - Religiões, Mídias e Corporalidades e I Congresso Nacional de Gênero e Sexualidade de Mato Grosso do  Sul" que ocorreu entre os dias 24 e 26 de  Maio, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, contou com a participação de Bruna Lasse Araújo, membro do grupo DT-Crelig, apresentando o trabalho: A "ideologia de gênero" e a juventude assembleiana - perspectivas sociológicas.

Nos últimos anos, no campo educacional e religioso têm surgido debates acalorados sobre a temática de gênero, principalmente depois da votação do Plano Nacional da Educação (PNE), realizada em 2014. Na época, líderes religiosos se posicionaram contra ao que chamaram de 'ideologia de gênero', argumentando que esta buscava a destruição da família, da moral e dos bons costumes. A pesquisa em desenvolvimento objetiva compreender quais são os impactos dessa discussão no interior das comunidades evangélicas de origem pentecostal, sobretudo entre a juventude das igrejas Assembleia de Deus (AD). O município de Seropédica é o lócus de realização da pesquisa por apresentar a maior taxa de evangélicas/os da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Busca-se entender quais fatores influenciam o posicionamento das/dos jovens assembleianas/os. Para isso, serão mapeadas as AD, a partir de técnica de pesquisa snowball, e serão realizadas entrevistas com as/os jovens. Espera-se que o estudo permita demonstrar e compreender o posicionamento de uma parcela da juventude assembeliana em Seropédica frente aos debates sobre a chamada 'ideologia de gênero'.


Mais informações sobre o evento.

terça-feira, 25 de abril de 2017

Revista IHU on-line: Entrevista especial com Silvia Fernandes

"Desvinculação religiosa entre os jovens é maior do que a adesão ao pentecostalismo. Entrevista especial com Silvia Fernandes."

 

 

A Professora, pesquisadora e coordenadora do Grupo DT-Crelig, Silvia Alves Fernandes concedeu uma entrevista à revista Instituto Humanitas Unisinus on-line, onde discute e apresenta elementos importantes para compreender o processo de desvinculação religiosa entre jovens. A entrevista pode ser lida na íntegra na  Revista IHU On-line.

 

segunda-feira, 3 de abril de 2017

VII Edição do JUBRA em Fortaleza.


  
 
 O VII Simpósio Internacional sobre a Juventude Brasileira – JUBRA, 2017 acontecerá em Fortaleza - CE - 12 a 15/08/2017. 
  Se você pesquisa catolicismo e juventude envie seu trabalho para o nosso GT: Culturas católicas juvenis no eixo temático: Juventudes, espiritualidade e religiosidade. Coordenação: Flavio Sofiati (UFG); Carmem Lucia Teixeira (UFG) e Sílvia Fernandes (UFRRJ).
  Dia 01/04/2017 começa o prazo para submissão de comunicação oral.
 
Mais informações em: http://jubra2017.com.br/